Joias

Tweed De Chanel: Joias Inspiradas Em Alta Costura

By  | 

A nova coleção de alta joalheria Tweed de Chanel dedica-se exclusivamente ao icônico tecido da grife francesa.

COCO CHANEL

Desde 1920 Coco Chanel popularizou o tecido tweed e agora, o símbolo de indiscutível reputação da grife ganha uma coleção de alta joalheria completamente dedicada a ele.

Entre a Inglaterra e a Escócia corre o rio Tweed, que alguns dizem ser a origem do nome de tweed – tweel em escocês, que significa pano de sarja.  Gabrielle “Coco” Chanel, na época de seu romance com o duque de Westminster, pegou emprestado tweed de roupas masculinas e desenhou roupas femininas para se adequar ao seu estilo de vida independente e moderno de viajar, dirigir e praticar esportes.

TWEED DE CHANEL

Sem fazer esforço, as joias da coleção Tweed de Chanel são de tamanha elegância que, nem o fato de serem criações propositalmente irregulares em texturas ofusca o brilho das joias.

Foram criadas 45 peças, dentre gargantilhas robustas, anéis, brincos e braceletes, mesclando ouro  e platina em um trabalho entrelaçado absolutamente peculiar e divino, como uma coleção de alta joalheria internacional deve ser.

Patrice Leguéreau, diretora artística das criações da joalheria da Chanel mistura tranças de ouro com ônix, safiras, tsavoritas, topázios imperiais, pérolas e diamantes em uma coleção que captura toda a essência  e toda a potência da grife parisiense.

A Chanel cria joias para serem usadas e, portanto, ao projetar esta coleção, Leguéreau teve um cuidado extra para garantir que as peças fossem vestíveis, confortáveis, maleáveis ​​e macias – todas as mesmas qualidades do próprio tecido de tweed – apesar das complexidades e peso de unir tantos quilates de pedras preciosas.

As joias da coleção Tweed de Chanel foram apresentadas pela primeira vez na semana de alta costura de Paris 2020.

Fotos: Reprodução/Divulgação


You must be logged in to post a comment Login

paper writing