Artes

Expo: Manus x Machina – A Moda Em Uma Era De Tecnologia

By  | 

O Metropolitan Museum of New York abre ao público a partir de hoje a exposição “Manus x Machina: fashion in age of technology”, que pode ser traduzida como “a moda em uma era de tecnologia”.

Manus-x-machina

MANUS X MACHINA

A exposição conta com mais 170 modelos de alta costura e outras peças que datam desde o começo do século 19, quando a máquina de costura foi criada e surgiu uma necessidade de distinção entre a mão e a máquina no início da industrialização e produção em série.

Manus-x-machina

O tema explora essa dicotomia, em que a mão e a máquina são apresentadas como ferramentas discordantes no processo criativo, e aborda as questões que surgem entre essa relação.

Manus-x-machina

O ponto de partida para a criação da exposição foi um vestido de casamento criado por Karl Lagerfeld para o desfile de alta-costura de outono-inverno 2014 da Chanel em que o molde é feito à mão, costurado à máquina e com acabamento à mão. A cauda feita em neoprene e cetim traz o design de um desenho do próprio Lagerfeld, feito à mão e então manipulado digitalmente para criar um motivo barroco. Em seguida, o vestido recebeu pedras, pérolas e strass aplicados em um cuidadoso bordado à mão.

Manus-x-machina

Segundo o diretor do museu Thomas P. Campbell, “moda e tecnologia estão absolutamente conectados, mais agora do que nunca, portanto, é uma oportunidade para examinar os papéis que o artesanal e o tecnológico têm desempenhado no processo criativo. Esta exposição propõe uma nova visão em que a mão e a máquina, muitas vezes apresentados como opostos, são protagonistas mútuos e da igualdade”.

Manus-x-machina

Para marcar o início da exposição, o museu promoveu o tradicional baile Met Gala, que contou com a presença de inúmeros famosos e celebridades e que serve como a principal fonte de financiamento anual para exposições, publicações, aquisições e aumentos de capital do museu.

Manus-x-machina

A exposição está estruturada em torno dos métiers tradicionais da alta-costura. O primeiro andar se desenrola como uma série de alcovas, examinando as oficinas de bordado, plumária e flores artificiais. O espaço térreo é organizado como um enfileirado, examinando pregas, rendas, e marroquinaria. Em ambos os pisos, as técnicas manuais tradicionais são discutidas juntamente com tecnologias inovadoras, tais como impressão 3-D, modelagem de computador, colagem e laminação, corte a laser e soldagem ultra-sônica.

Manus-x-machina

A exposição teve início nos dias 03 e 04 de maio para associados do museu e foi aberta ao público hoje, podendo ser visitada até 14 de agosto.

Fotos: Reprodução / Divulgação



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>